SERRA

Dirigindo ao horizonte
O Por do sol como destino
Meu coração a me frear
Minha corrida ao vazio
Ter que ir
Querer voltar

E na serra da saudade
Me sentia tão menino
Desejando te encontrar
Dirigia assim sozinho
Com o vento
A me beijar

Published in: on novembro 16, 2010 at 1:47 am  Deixe um comentário